Copywriting: A arte de influenciar pessoas a fazerem o que tu queres

Copywriting A arte de influenciar pessoas a fazerem o que tu queres

Partilha este post

Já ouviste falar de copywriting? Esta é uma das capacidades mais valorizadas da atualidade! E não é de espantar. É completamente inegável que a era do marketing digital veio para ficar!

Desde startups até grandes empresas todas procuram os profissionais com as melhores skills para a criação de conteúdo. E porquê? Porque esta estratégia tem um impacto direto no aumento de vendas.

É por isso que qualquer tipo de negócio pode beneficiar de um bom trabalho de escrita persuasiva. Queres começar a utilizar esta estratégia para vender mais?

Não precisas de continuar a procurar! Este é o guia essencial para começares a escrever como se tivesses nascido de caneta (ou teclado) na mão. Prepara-te para conhecer os truques que as grandes marcas utilizam para te levar a comprar coisas que, na verdade, não tens assim tanta vontade de ter.

7 dicas para um bom Copywriting

copywriting

O principal objetivo de um copy é a persuasão! Mais do que a escrita de um texto gramaticalmente correto e coeso, o importante é a forma como comunicas.

Quase te ouvimos a perguntar: “Então, posso ignorar a pontuação e escrever só o que me apetece?”. E temos a certeza que já estarás à espera que a resposta seja: “Claro que não!”.

A gramática e a coerência são fundamentais! Mas deves ter presente que o cerne do teu copy não é apenas informar, mas sim converter. Tem em mente que, com cada palavra, não estás a vender produtos ou serviços: estás sim, a gerar emoções e promover um estilo de vida.

Através destas técnicas podes criar conteúdos para blogs, redes sociais, landing pages, e-mail marketing, e até mesmo propostas comerciais.

Queres aprender a escrever para transformar os teus conteúdos em verdadeiras peças de venda orgânicas? Fica atento às nossas dicas e torna-te um copywriter de excelência!

1 – Gramática correta é fundamental

Quando escreveres os teus conteúdos lembra-te que deves utilizar corretamente as regras gramaticais na construção de um texto.

Sim, nós sabemos que este é um ponto óbvio. Ainda assim, é importante reforçar esta dica! Sempre ouvimos dizer que “o óbvio precisa de ser dito”. Ficarias surpreendido com o quão comum é encontrar erros deste tipo.

Tem cuidado, lê e revê todos os teus textos. Não te esqueças que os erros ortográficos ou gramaticais criam uma imagem negativa da tua marca.

2 – O poder da persuasão

Achas que a persuasão é uma competência nata? Enganas-te. Podes desenvolver e melhorar estas técnicas para escrever melhor.

Um copy persuasivo desperta no leitor o desejo de realizar uma determinada ação. Esta pode ser uma compra, um download, uma inscrição, ou outras ações.

3 – Usa o Call-to-Action (CTA)

O CTA direciona o público para a tomada de decisão. Este deve ser pensado de forma estratégica e acompanhado de um texto claro e objetivo sobre o que estás a abordar.

E nunca duvides do poder de dizer a alguém aquilo que queres que a pessoa faça. Acredita quando te dizemos que as pessoas deixam de subscrever uma newsletter ou comprar o produto porque tu não lhes dizes para o fazerem.

4 – SEO Friendly

Relativamente a artigos de blog, cria um texto com uma estrutura que cumpra as regras e pressupostos do SEO. Isto vai facilitar a descoberta do teu conteúdo nas pesquisas do Google.

Alguns dos fatores que deves trabalhar para este tipo de estratégia são:

  • O uso de palavras-chave;
  • Conteúdo relevante;
  • Distribuição de títulos e subtítulos.

Na verdade, poderíamos estar aqui várias horas a falar sobre este tema. Se queres saber mais sobre SEO, dá uma vista de olhos noutros artigos do nosso blog.

5 – Sê conciso

Se tens dificuldades em chegar à ideia central do teu conteúdo, corres o risco de perder o interesse do leitor.

Um bom copy é objetivo e vai direto ao assunto. Assim, podes criar textos poderosos e que transmitam uma mensagem central.

Parafraseando alguém que não nos lembramos o nome “Envio-vos esta carta grande, porque não tive tempo para escrever uma carta mais pequena”.

E a verdade é essa. Reduzir o tamanho de um texto, é muitas vezes uma tarefa árdua. Porém, é essencial para garantir assertividade. Escreve só aquilo que é estritamente necessário.

6 – As primeiras palavras devem ser impactantes

Sabias que tens poucos segundos para prender a atenção do leitor? Mais precisamente 5! Sim, leste bem. A maioria das pessoas perde o foco de um conteúdo online depois de 5 seguros.

É por isso que as primeiras palavras fazem toda a diferença na continuidade da leitura: usa frases introdutórias ou títulos de impacto, que sejam atrativas e deixem o leitor com vontade de saber mais.

Se a parte inicial não cativar o público, é provável que o restante texto não seja lido. E todos nós sabemos que te esforçaste demasiado para deixar que isso aconteça!

7 – Escreve de forma direcionada para cada canal

É importante que percebas as diferenças de estilos e tom de voz. Por exemplo, um email não deve ser escrito da mesma forma que um copy para as redes sociais.

O canal de comunicação, bem como a etapa do funil de vendas em que o teu conteúdo se enquadra, vai influenciar a tua forma de escrita. Por isso, não basta escreveres só porque sim. Deves contextualizar toda a produção dos teus conteúdos.

Estas sete dicas vão ajudar-te a dar os primeiros passos no copywriting. Mas, o esforço e a dedicação são essenciais para melhorares a tua técnica.

Escreve textos que efetivamente vendam, e vais ver que o teu negócio terá um impacto verdadeiramente positivo!

Por outro lado, imagina que queres elevar o nível das tuas publicações nas redes sociais e não tens criatividade.

Temos também a solução para ti: a FindUp está ao teu lado para transformar as tuas ideias em copies cativantes e eficazes. Com a nossa expertise e criatividade, oferecemos suporte completo na criação de conteúdo.

Juntos, vamos comunicar a essência da tua marca com clareza e impacto. Permite que sejamos a voz por trás da tua história! Assim, garantes que cada post seja uma oportunidade única de conectar e impressionar. E isto, sem teres de invocar o Shakespeare que há em ti.

Ver mais

Já conheces os 8 Ps do marketing

Já conheces os 8 Ps do marketing?

Graças à evolução tecnológica e à inserção dos negócios na era digital, melhorar conceitos mais antigos de marketing tornou-se essencial. Assim sendo, os 8 Ps do marketing são uma versão melhorada e atualizada da tradicional

Ler Mais »
7 tendências de design gráfico para 2024

7 tendências de design gráfico para 2024

Design gráfico: 7 tendências para implementares na comunicação visual Os últimos anos foram marcados por diversos acontecimentos impactantes: a pandemia, a guerra, o fortalecimento de movimentos sociais, o desenvolvimento de novas tecnologias… Quer queiramos, quer

Ler Mais »
plugins premium WordPress
Utilizamos cookies para garantir que tens a melhor experiência no nosso site. Ao continuares a usar este site, assumimos que estás satisfeito com as condições de utilização