Long tail keyword: Uma parte essencial de uma estratégia de SEO bem conseguida

Long tail keyword: Uma parte essencial de uma estratégia de SEO bem conseguida

Partilha este post

Já ouviste falar de palavra-chave de cauda longa ou long tail keyword?

Numa época cada vez mais competitiva, todas as empresas querem obter o melhor resultado nas pesquisas do Google. Assim sendo, nada melhor que aproveitar ao máximo todas as alternativas existentes para obter esses resultados.

Nas próximas linhas vamos explorar este conceito de palavras-chave de cauda longa e a sua importância. A par disso, iremos explicar-te como podes descobrir o volume de pesquisas de uma palavra-chave.

Continua a ler e descobre esta ferramenta que tem o poder de mudar o jogo do teu negócio no maior motor de pesquisa do mundo!

O que é uma long tail keyword?

Long tail keyword

Uma palavra-chave é um termo utilizado para realizar uma pesquisa no Google. Quando uma palavra-chave é extremamente popular, esta tem um volume de pesquisas mensais bastante elevado.

Por exemplo, a palavra-chave “Marketing digital” tem uma média mensal de 9900 pesquisas.

Embora seja uma expressão extremamente interessante para quem trabalha nesta área, a verdade é todas as empresas vão tentar criar conteúdo que a posicione no Google. Tendo em conta que o objetivo é alcançar um dos primeiros lugares, é fácil perceber que a maioria não terá sucesso nesta jornada.

E, é aqui, que as long tail keywords entram e podem fazer toda a diferença. É uma estratégia menos conhecida, mas bastante interessante.

As palavras-chave de cauda longa são mais específicas e detalhadas, e refletem intenções de pesquisa mais direcionadas. Em vez de utilizarem uma ou duas palavras, são normalmente compostas por, pelo menos, três palavras.

Embora o volume de pesquisas seja consideravelmente menor, têm um elevado potencial.

Quando utilizas uma long tail keyword, estás a conectar-te diretamente com a persona, e acabas por atrair tráfego mais qualificado.

Quais os principais motivos para as utilizares?

Tal como dissemos anteriormente, existe uma grande competição por determinadas palavras-chave. E, por que é que isso acontece? Porque todas as empresas querem obter o melhor posicionamento através das palavras-chave prioritárias para o seu negócio.

Mas, há um problema! As palavras-chave muito genéricas são mais complicadas de aparecerem na primeira página do Google! E, acredita quando te dizemos que este é a única página onde queres que o teu conteúdo apareça. Afinal, é aqui que está o ouro quando falamos de tráfego orgânico. 

Se ainda tens dúvida sobre as long tail, deixamos-te algumas estatísticas interessantes:

  • O Google apresenta em média mais de 40.000 pesquisas por segundo
  • 28% das pesquisas locais resultam em compra
  • Melhorias no conteúdo aumentam o tráfego de um blog em 2.000%
  • O tamanho médio dos conteúdos dos lugares cimeiros do Google é de 1.890 palavras
  • A primeira posição nos resultados orgânicos tem uma taxa de cliques superior a 30%
  • 60% dos cliques vão para os três primeiros resultados
  • 75% dos consumidores não passam da primeira página do Google
  • Não incluir long tail keywords nos conteúdos significa uma perda considerável de leads
  • 50% das consultas no Google são feitas com, pelo menos, quatro palavras ou mais

Como vês, as estatísticas demonstram que é realmente importante ter uma estratégia de marketing digital coerente.

Por que é que as long tail keywords são tão importantes?

Como já conseguiste perceber, a concorrência para alcançar os primeiros lugares do Google é bastante elevada. Todas as empresas que produzem conteúdo, fazem-no para conseguirem um dos lugares do pódio de pesquisa.

Porém, como também já percebeste, só três marcas é que o conseguem fazer. E é aqui que o papel das long tail se torna imprescindível.

Explicamos-te a seguir porque é que são tão importantes.

1 – Elevada capacidade de segmentação

Como são expressões mais singulares, permitem-te segmentar um público que está à procura de um conteúdo específico.

E quando direcionas o público para um conteúdo altamente relevante, aumentas as hipóteses de atrair leitores mais qualificados. Isso ajuda-te a aumentar a tua taxa de conversão.

2 – Menor concorrência

Contrariamente ao que acontece com as palavra-chave mais genéricas, como é o caso de “Marketing Digital” as long tail têm, por norma, menos concorrência!

Isso significa que se torna muito mais simples o teu site alcançar uma classificação mais alta nas pesquisas. Esta classificação ajuda-te a obter maior visibilidade, e consequentemente, captar mais leads.

3 – Melhor conversão

Se há algo que ter mais leads aporta é ter uma maior conversão.

Pessoas que pesquisam por long tail keywords estão geralmente mais adiantados no processo de compra. Deste modo, estão à procura de mais informações para poderem tomar uma decisão informada e consciente.

Quando ofereces conteúdo útil e relevante, aumentas as hipóteses de converter essas pessoas em clientes.

4 – Melhoria global do SEO

Embora individualmente as palavras-chave de cauda longa possam ter um volume menor de pesquisa, a verdade é que quando combinadas podem representar uma percentagem significativa do tráfego orgânico do site.

Desta forma, o nosso conselho é que incluas uma ampla variedade de long tails na tua estratégia de SEO.

Como inserir uma long tail keyword numa estratégia de SEO?

Agora que já percebeste a importância de utilizar palavras-chave mais longas na tua estratégia de SEO, vamos ajudar-te a perceber como a podes fazer!

Deixamos-te algumas técnicas que utilizamos por aqui!

1 – Pesquisa palavras-chave que sejam relevantes

Há imensas ferramentas e softwares que podes utilizar para pesquisar as palavras-chave mais relevantes para os teus leitores.

Pesquisa sempre por expressões que o teu público utilizaria para fazer uma pesquisa no Google. A partir daí começa a criar uma lista de palavras que possas utilizar para produzir conteúdo.

Quando falamos de ter ideias mais genéricas para conteúdos, normalmente utilizamos:

Quando falamos de saber o volume de pesquisas que determinada long tail keyword, tema ou expressão tem, utilizamos:

2 – Cria conteúdo de qualidade

Não há nada mais frustrante do que abrir um conteúdo no Google e perceber que ele é igual a todos os outros.

Se é um tema que dominas, diferencia-te! É claro que temos mais facilidade em escrever determinados temas. Mas ainda assim. Escreve sempre conteúdo diferenciador, com qualidade, relevante e que, de alguma forma, ajude quem está a ler.

Para fazeres mais do mesmo que os teus concorrentes fazem… não vale a pena estares a perder tempo.

3 – Otimiza as tuas páginas

Em equipa já escrevemos mais de 15.000 artigos de blog. São muitas palavras a serem digitadas todos os dias!

E se houve algo que aprendemos ao longo dos anos é que se não tiveres um site otimizado e se não utilizares as técnicas de SEO certas, o teu trabalho vai “cair em saco roto”.

Coloca a palavra-chave nos sítios certos. Garante que o site tem uma velocidade irrepreensível.

Escreve SEMPRE para pessoas. Não escrevas para robots e indexação. Vais ver que no fim do dia, faz toda a diferença!

Como sabemos isto? Porque já vimos vários conteúdos a serem penalizados quando há atualizações dos algoritmos, porque estavam escritos com uma super otimização e voltados apenas para forçar o posicionamento.

E pode parecer estranho, mas o algoritmo da Google está cada vez mais inteligente. Deste modo, ele consegue perceber quando um conteúdo foi escrito com intuito de aportar valor, ou somente para forçar o posicionamento.

A curto prazo esta estratégia de forçar o posicionamento até pode resultar. Porém, podemos garantir-te que, a longo prazo, não funciona e vais perder dinheiro.

4 – Acompanha o desempenho do teu conteúdo

A primeira coisa que tens de instalar no teu site é o Google Site Kit.

Este plugin vai criar-te de forma simples e prática duas coisas imprescindíveis para acompanhares o desempenho do teu conteúdo. O Google Search Console e o Google Analytics.

O primeiro permite-te perceber o desempenho do site diretamente no Google, assim como erros de indexação de páginas. Já o segundo permite-te perceber exatamente o que as pessoas estão a fazer dentro do teu site.

Como vês, uma long tail keyword tem o poder de te ajudar a melhorar a tua estratégia de marketing digital. Aproveita termos com menor volume de pesquisa para te conectares com o teu público.

Ver mais

Já conheces os 8 Ps do marketing

Já conheces os 8 Ps do marketing?

Graças à evolução tecnológica e à inserção dos negócios na era digital, melhorar conceitos mais antigos de marketing tornou-se essencial. Assim sendo, os 8 Ps do marketing são uma versão melhorada e atualizada da tradicional

Ler Mais »
7 tendências de design gráfico para 2024

7 tendências de design gráfico para 2024

Design gráfico: 7 tendências para implementares na comunicação visual Os últimos anos foram marcados por diversos acontecimentos impactantes: a pandemia, a guerra, o fortalecimento de movimentos sociais, o desenvolvimento de novas tecnologias… Quer queiramos, quer

Ler Mais »
plugins premium WordPress
Utilizamos cookies para garantir que tens a melhor experiência no nosso site. Ao continuares a usar este site, assumimos que estás satisfeito com as condições de utilização