Meta description: Como criar o resumo perfeito para o Google

Meta description: Como criar o resumo perfeito para o Google

Partilha este post

Alguma vez reparaste na descrição que está por baixo dos títulos que aparecem quando fazes uma pesquisa no Google? A essa descrição damos o nome técnico de Meta Description. E contrariamente ao que possas pensar é um elemento essencial em termos de SEO.

Quando falamos de SEO, falamos de otimizar conteúdo para aparecer nos primeiros lugares de uma pesquisa no Google. Contudo, para um conteúdo conseguir alcançar essa posição, existem mais de 200 fatores a serem considerados.

Há fatores que não consegues “manipular” como é o caso da idade do domínio e a sua relevância. Porém, pontos como a descrição meta podem ser trabalhados para te ajudar.

E é sobre isso que vamos falar. Continua a ler e descobre não só o que é, mas como criar descrições impactantes que têm a capacidade de aumentar a visibilidade do teu conteúdo online.

O que é a Meta Description?

De forma simples a Meta Description é uma tag HTML que fornece um resumo de determinada página. Esta descrição aparece em todos os resultados de pesquisa, debaixo do título da página e da URL.

É importante teres em mente que a sua correta utilização é fundamental numa estratégia de SEO.

Embora não tenha um impacto direto no ranking, este resumo tem o poder de influenciar a decisão de uma pessoa em clicar – ou não – em determinado conteúdo. E essa decisão vai influenciar a taxa de cliques daquela página.

Além disso, ajuda o Google a entender o tema da página e classificá-lo de acordo com as palavras-chaves utilizadas.

Como utilizar a Descrição Meta de forma eficaz?

meta description

Sabias que existem alguns truques que te podem ajudar a escrever uma boa Meta Description? Deixamos-te 5 pontos que deves considerar no momento de a escreveres.

1 – Deve ser concisa e relevante

Este resumo tem um limite de caracteres. 160 para sermos mais exatos.

Assim sendo é essencial que sejas clara e sucinta no que escreves. Enfatiza os pontos chave do teu conteúdo e garante que a descrição é relevante para o tema que escreveste.

Não há nada pior do que o famoso “Clickbait”. Detestamos perder tempo a aceder a um conteúdo com uma expectativa que depois é completamente frustrada.

2 – Inclui a palavra-chave

Como já dissemos anteriormente, a descrição meta não afeta diretamente a classificação no Google.

Incluires a palavra-chave de forma estratégica vai ajudar-te a mostrar ao mundo que tipo de conteúdo partilhaste. Se fores criativa na forma como escreves o teu resumo, vais ter a capacidade de destacar o mesmo perante todos os outros resultados.

A par disso, inserires as palavras-chave na descrição ajuda-te a obter cliques qualificados. E é este tipo de tráfego que queres atrair para dentro do teu website.

3 – Precisas de ser envolvente

Esta é a tua oportunidade de convencer as pessoas a lerem o teu conteúdo em vez de lerem o da concorrência.

Usa uma linguagem persuasiva, mas humanizada, e evita o clickbait (ninguém gosta disso).

Lembra-te: a tua descrição deve despertar o interesse do leitor. Por isso, uma opção interessante passa por explicares qual é o problema que resolves ao longo do texto.

Para tornares a tua descrição mais impactante, podes:

  • Utilizar verbos de ação para incentivar a interação, como “descobre”, “aprende”, “explora”…
  • Inclui números, estatísticas ou curiosidades para transmitir informações concretas e despertar o interesse
  • Adiciona um toque de urgência, ao utilizares termos como “agora”, “neste momento” ou “em breve”

4 – Evita conteúdo duplicado

Sabias que o Google penaliza conteúdo duplicado? Tudo bem que falamos essencialmente dos conteúdos que são indexados e não das descrições.

Contudo, evita copiar a Meta Description que já foi utilizada noutra página – tua, ou não!

Além de confundir tanto o Google como os leitores, vai causar uma má impressão da tua marca. E lembra-te: não tens uma segunda hipótese de causar uma boa primeira impressão.

5 – Considera sempre o teu público-alvo

Este é talvez um dos pontos mais importantes do desenvolvimento de qualquer ação de marketing. Sempre que te sentares para escrever – seja um artigo de blog, um script de vendas ou o roteiro de vídeo para o Youtube – pensa no teu público.

Quando percebes as dores, desejos e necessidades do teu cliente ideal, vais escrever a pensar nisso. Logo tens muito mais probabilidade de impactar positivamente as pessoas. Além disso, vais atrair um maior volume de visitantes e eles vão ser muito mais qualificados.

Como vês, a Meta Description pode ajudar de forma significativa ao posicionamento do teu conteúdo no Google. A partir de agora começa a investir algum tempo na criação deste resumo para cada uma das tuas páginas.

Vais ver que se juntares esta técnica a outras igualmente importantes, o teu site irá obter um maior volume de tráfego orgânico. Se precisares da nossa ajuda nesse sentido, não hesites em falar connosco. Estamos a um clique de distância.

Ver mais

Já conheces os 8 Ps do marketing

Já conheces os 8 Ps do marketing?

Graças à evolução tecnológica e à inserção dos negócios na era digital, melhorar conceitos mais antigos de marketing tornou-se essencial. Assim sendo, os 8 Ps do marketing são uma versão melhorada e atualizada da tradicional

Ler Mais »
7 tendências de design gráfico para 2024

7 tendências de design gráfico para 2024

Design gráfico: 7 tendências para implementares na comunicação visual Os últimos anos foram marcados por diversos acontecimentos impactantes: a pandemia, a guerra, o fortalecimento de movimentos sociais, o desenvolvimento de novas tecnologias… Quer queiramos, quer

Ler Mais »
plugins premium WordPress
Utilizamos cookies para garantir que tens a melhor experiência no nosso site. Ao continuares a usar este site, assumimos que estás satisfeito com as condições de utilização